terça-feira, 22 de setembro de 2015

Maratona de Paris - Contagem Regressiva...Parte 5!

20 DIAS
3 semanas | 2 longos


Nota: não me lembro a contextualizão desse texto ao longo da contagem para a maratona, mas acho que continua se encaixando hoje, pra qualquer coisa, qualquer assunto... 

"Nós somos treinados nessa sociedade
 a rejeitar qualquer coisa que não entendemos.
Eleve sua mente

Sobre Não Julgar

Tenho procurado evitar qualquer tipo de pensamento negativos de todas as formas. E julgar é um especial. Não quero maus cair na cilada de me julgar, condenar as minhas ações sem antes olhar com atenção e até certo carinho. Não quero interpretar errado, principalmente, as atitudes do outro. E isso é um trabalho diário e contínuo, de auto correção.
Sem nem se tocar acabo julgando a roupa, corpo, palavras, enfim, e esse tipo de pensamento eu quero e preciso
abolir.
Mas que cazzo isso tem a ver com a maratona? Tudo! Pois qualquer tipo de pensamento negativo ao outro ou a mim recai sobre minha consciência, que não fica em paz! E paz é tudo para correr lindo e leve!

Não Julgue Para Não Ser Julgado

Um mundo ideal seria aquele onde possamos ser quem somos, agir conforme o que acreditamos sem ter a necessidade de querer que o outro seja igual, aja igual, pense igual. O respeito fosse algo tão intrínseco quanto escovar os dentes ou beber água.
Seria um lugar onde ao invés de julgar os motivos que nos levam a tomar certas decisões ou a  seguir certos caminhos o outro perceba que ele também já tomou as suas decisões e seguiu o seu caminho, e que não necessariamente são os mesmos que os nossos. E percebendo isso, haja apoio, respeito. Cada é cada um! Cada um sabe a dor e a delícia de ser o que é.
Não afetando ninguém, não fazendo o mal... A vida e as escolhas são só minhas!

Por isso o mantra agora é não julgar! Procurar entender! E respeitar!

Mais amor, por favor!

Au revoir!
"Você nunca precisa se desculpar pelas
 escolhas feitas para sobreviver"

terça-feira, 1 de setembro de 2015

Maratona de Paris - Contagem Regressiva...Parte 4!

24 dias
Sonhando...



Desde quando fui sorteada fiz questão de poucas pessoas saberem que iria pra Paris. Por quê? Simplesmente porque queria fazer todos os meus treinos e planejamentos sem a intromissão de ninguém. Também pela pressão. Já me sinto pressionada o suficiente por mim, e sabemos que mesmo quando muitos aparentam ser nossos "amigos" não os são dd fato. E esse tipo de pressão não queria sentir dessa vez. Mas a real intenção foi me provar que não preciso da aprovação de ninguém nas redes sociais pra fazer algo que só diz respeito a mim! A mais ninguém!

É um sonho meu! Eu sei o quanto tem me custado realizá-lo. Eu sei o quanto eu estou fazendo para que tudo seja lindo. E só isso já me deixa enlouquecida, imagina se tivesse ainda a pressão externa? Creindeuspai!

Só que para que assim fosse, no meio do caminho percebi que por aqui as pessoas andam confundindo muito coleguismo com amizade eterna! As redes sociais confudem esses relacionamentos, fazendo as pessoas acreditarem que podem se meter na sua vida. Que ao postar uma foto elas têm o direito de dar pitacos sobre um assunto que não lhes diz respeito. O processo é doloroso. Porque nele notei quem sim e quem não. Aprendi que esse "mundo da corrida" é um ovo o qual todos se acham dignos de palpites. E eu estou aprendendo a ser prática. Nem que isso me custe socializar com quem eu goste, encontrar pessoas que eu estimo, o que não significa que ao socializar lhes dou o direito de intromissão! Pena que isso me parece contraditório! Explico: a curiosidade alheia me irrita! Eu não pergunto nada pra ninguém! Só que o contrário nem sempre é assim. Sim, sou considerada chata! Mas só eu sei quem no final estará aqui ao meu lado. Só eu sei quem realmente segura as pontas. E não são os amiguinhos de redes sociais! Os poucos que sabem, sabem porque confio ou são maduros o suficiente pra isso.

Passo por arrogante? Talvez! Mas sinceramente, agora não me importa muito a opinião dos outros! Amigos mesmo não julgam, apoiam. Amigos não deduzem, perguntam. Amigos quando não concordam têm espaço para nos alertar que estamos errado. O resto é fofoca! E disso quero distância!
Faltam 2 longos! E não será agora que eu darei com a língua nos dentes por causa dessa ansiedade maldita! Por esse motivo, faltando apenas 20 dias para embarcar, fico em casa, na minha rotina, em busca de assuntos outros ou sonhando com a preparação. E isso em nenhum momento me faz me sentir excluída. Sempre fui assim! Gosto de estar nessa zona de conforto agora, preciso dela. Clausura! Ok! Nem tanto! (Risos)

Au revoir!