segunda-feira, 25 de novembro de 2013

Lesão 3 (Final!)

Finalmente vou falar sobre a infiltração!

Depois de todo trâmite de plano de saúde, foi marcado o procedimento para um sábado.
Conversando com quem já tinha feito ou conhecia história de alguém, todos eram unânimes: doía pra caceta! Imagina que animador! rs
Conversei com a minha médica e com o Dr Marcelo e ambos tb eram unânimes: não doía nada! rs
Mas e agora? Dói ou não?
Eu estava com mais medo de sentir dor que qualquer coisa, mas queria acabar logo com isso, tirar o fantasma da faca da minha cabeça.

Chegou o dia!
O procedimento estava marcado para às 15h30min, mas tinha que chegar no hospital com 1h de antecedência.
Na minha cabeça era chegar lá, assinar os papéis de praxe, levar uma agulhada gigante no local da lesão e vazar. Tipo rapidex! Procedimento express! Ledo engano...
Cheguei, papelada e... Internação! Oi? Internada?
Não estava entendendo nada... rs
Mas ok! Fui para o quarto aguardar as coordenadas.
Veio uma enfermeira, verificou pressão, glicemia, fez mil perguntas sobre alergias e afins e disse que logo viria me buscar.
Até que ela e um enfermeiro chegaram com uma maca (oi? rs), e me levaram para a sala de pré-operatório (oi?! rs).

Gente, é sério, eu não fazia a MENOR IDEIA de como era esse tal desse procedimento. E hoje eu vejo que a minha ignorância a respeito de todo esse ritual foi ótimo, pq a única expectativa e informação que eu tinha era da dor!  E isso já me bastava!
Uma gracinha!kkkk
Fiquei esperando no pré-op com uma outra menina, com a mesma lesão que eu e que tb faria o mesmo procedimento com o Dr Marcelo. Isso me acalmou um pouco. Não que eu estivesse nervosa, mas estava ansiosa. Muito tempo sem nada pra fazer, só na espera, na expectativa do que viria, e isso me deixou inquieta por dentro. Mas ver outra pessoa na mesma situação que a minha me fez dar uma respirada!

Quase!
Ela foi primeiro. E eu lá... deitada numa maca esperando! Esperei tanto, que teve um momento que achei até que fosse tirar um cochilo! E até a expectativa diminuiu!

Enfim!
Finalmente eu fui!
Me levaram para um sala de cirurgia (oi? rs), com tudo aquilo que tem no Grey's Anatomy! Sim, foi minha estreia em salas de cirurgia! rs
Estavam me arrumando para o fatídico momento, até que eu vejo na mesa de cirurgia a agulha.... Não imaginava que existia uma agulha tão grande assim! E pior, aquela bagaça ia entrar no MEU quadril!
Foi nesse momento que eu resolvi desencanar, por incrível que pareça. Já estava ali, ia passar por aquilo de qq forma, então ou eu sossegava, ou ia ser mais sofrido ainda.

Dr Marcelo foi um fofo comigo, super tranquilo para explicar tudo e muita paciência de tanto que perguntava se ia doer! rs
Na hora da agulhada eu virei o rosto para não ver ela entrando, até fizeram uma cabaninha tampando o lado esquerdo pra eu não ver nada! Mas eu virei a cara bem para o monitor de raio X, que servia como orientação para o médico ir ao local exato da lesão. E por ele eu vi a agulha atravessada! Mais parecia um dardo de sossega leão, sabe? rs
E a dor? NADA! Só um incomodo mínimo quando o líquido foi injetado e uma dorzinha/choque quando ele "cutucava" os nervos próximos. Na boa, quando fui no fisio milagreiro (Dr Atef!) em Santos doeu muuuuito mais!
O procedimento foi super rapidinho, cerca de uns 15min. Depois o médico me passou algumas orientações, remédios e eu fui levada para o quarto. Veio lanchinho, e recebi alta. Sai do hospital era mais de 22h, ou seja, nada a ver com o que eu imaginei! rs

O depois!
No dia seguinte o médico disse que quando passasse o efeito anestésico eu sentiria muita dor... estou esperando essa dor até agora!
Na segunda-feira seguinte eu voltei ao hospital para fazer a RM, e ela realmente indicou uma lesão no labrum do acetábulo, ou seja, o Dr Marcelo estava certo no diagnóstico desde o princípio. Mas como estou assintomática desde então, não foi preciso fazer nada. A faca está suspensa, e espero que continue assim pra todo sempre, amém! rs

Minha conclusão!
O que eu posso dizer sobre o procedimento? Dor é algo muito, mas muito pessoal. Tem gente que sente mais dor que outras, talvez por isso eu não tenha sentido toda essa dor que alguns disseram sentir. Outro fator que deve influenciar é o local da infiltração, não sei, mas talvez isso tenha a ver.

Dor aliviada! Nunca pronta pra outra! 
Hoje estou com dores (por isso do meu sumiço... dor = bode! rs), mas são dores novas! Não são as dores da lesão, e ainda estamos investigando! Mas já estou melhorando! Isso que importante! Nada de deixar a peteca cair! ;)

Se tiver alguma dúvida, ou algum ponto que ficou vago e vc queira saber, pergunte!!!

Beijocas da Gordola!

PS: Queria pedir desculpas pelo chá de sumiço... Eu sei que isso não se faz, e estou #chateada por ter desaparecido. But, I'm back, babies! ;)

Um comentário:

  1. Oi Ferfa,
    Quando vou ler um post novo aqui no blog.
    Adoro a forma como escreves. Me sinto mais próxima. Uma vez diva, sempre Divaaaa.
    beijoka
    Lelê
    Blog Correndo de bem com a vida
    @Correndodebem

    ResponderExcluir